Frase Infinita - Trilho da Nascente, Trilho do Poente

by A Q U A E

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      €5 EUR

     

1.
2.

about

Based on the Trilho do Nascente, Trilho do Poente draft-poem(s) by Rio Pontes, this 51:18 + 18:20 (outro) min combo of field recordings and tape adulteration offers Phrase Infinita´s decoding of two primal cadenze over a rich sowing of layered anima, carefully unraveled through the verses´ dictation. Sounds range from personal, public and pirated resources, elegantly adding to the the poetic allegory.

The last two tracks, Cronómetro para um Arcaico and the always incomplete Fresta ao Tempo are lite attempts to escape from the poem(s)´ exposure, as dramatic as an event like this can be. The side notes from Phrase Infinita are themselves vague on reflexive properties, yet clear on positioning the references from the poem(s)´ subject, as well as its casuistic interrelations:

"Two circumstantial Themes

diluted by Collision,

on a poorly erased draft,

below a dimmed star"

Marisa Fontes

(Reflexos de água na mente do que caminha o trilho do nascer dos astros.) Uma natureza pós-industrial no verdadeiro sentido. Esperanças no caminho da regeneração em cada novo dia ou noite, a vegetação rebentando o cimento das cidades, alastrando. O olhar está a meio do horizonte avistado por entre árvores. Os sons inundam-nos em empatia misturando as espécies…

Aqui se espraia a hora do nosso calmo dizer: mais um dia na terra fraterna, nas mãos do irmão por quem se vela. Ouvirás no céu o som da fúria, a tempestade rolando e descendo em ti, nos teus, na alma comum. De todos a matéria do coração: no vale do sol escondido, na penumbra uma única palavra proferida em silêncio.

Decifrarás o som que de cima vem quando tudo o mais te for irreconhecível exceto a voz natural. Por dentro a paisagem duplica-se quando a tocamos. Pertence-nos. Por entre os dedos um excesso de beatífica luz escapa-se. Mergulho no infinito até metade de mim, tudo o resto é o trovão que sobre as nossas cabeças ressoa.

João do Vale

credits

released March 20, 2014

~
Edition of 50
~
Tape available on:
aquaardens.com
meditations.jp
tomentosarecords.com
~
estreladalva.blogs.sapo.pt

tags

license

all rights reserved